• Bruna Alencar

Como identificar um mau Instrutor na academia

Você talvez deva está achando esta postagem totalmente desnecessária, por que deve achar como identificar e acredita que todas as pessoas sabem. Engana-se!


Primeiro, é importante dizer que o Instrutor da academia não é o mesmo que um Personal Trainer na academia, mas isto já é outro assunto.


Como eu dizia, há muitas pessoas que realmente não sabem como os instrutores na academia devem se portar com elas, e sei por experiência própria, afinal, estive atuando nos últimos 10 anos em salões de musculação das melhores academias por onde vivi e conheci inúmeros alunos nelas. Claro, nem sempre vamos agradar os gregos e os troianos juntos, mas tenho orgulho de sempre ter sido muito profissional por onde passei - mesmo sendo apenas uma estagiária - e ter sido muito querida pela maioria dos alunos - mesmo sendo tachada de sargentão kkk - (dando a cara aqui, hein!).


Enumerei aqui apenas 5 defeitos para que possa caber em uma única publicação, mas se quiserem, pode haver uma continuação futuramente. Então, vamos lá, tome nota:



1. Mal educado (a);


É aquele tipo de instrutores que te vê, mas nem ao menos te dá um “bom dia, tarde, noite”. Claro que ele não precisar fazer o tipo “político” saindo pela academia toda apertando a mão dos alunos e perguntando como vai. Mas deve ter ao menos a boa educação de estar passando por você (ou quando você passa) e te cumprimentar.

É o básico!


2. Conversador (a);

São aqueles que grudam nos colegas de trabalho ou no seu grupo de alunos favoritos e criam raízes ali batendo papo. Ou o pior, quando saem do salão e vão conversar na recepção, ou pior ainda ainda, ficam mexendo no celular.


3. Desinteressado (a);


São aqueles que nem ao menos te olham, ou te olham e nem “tchum” para você. Pior é quando você está demonstrando que está precisando de ajuda e você é aquele aluno tímido o bastante para não procurar o instrutor, ou porque você simplesmente é novato e não sabe quais as etiquetas de uma academia de musculação, daí você continua fazendo o exercício errado, prejudicando então toda sua integridade física e os benditos dos maus instrutores não tem a habilidade se quer de ir até você e perguntar “Posso te ajudar?” e te ajudar.


4. The flash;

São aqueles que a recepção te encaminha para eles realizarem uma anamnese (entrevista inicial onde sabemos sobre seu estado de saúde, objetivos e outras) e eles mal te fazem perguntas que é para te liberar logo porque não querem perder muito tempo com você.

Sabe qual o resultado disto? Uma montagem de treino qualquer, onde vai piorar aquele seu leve desvio na coluna, ou aquele ligamento do joelho já quase no fim da linha, ou um treino absurdo que não é para Você, mas que é o único que ele sabe prescrever, simplesmente porque os benditos não deram o tempo suficiente para “te conhecer” para então montar o treino específico à sua condição física, biológica e desejo pessoal.


5. Seletivo (a).

Sem dúvida o pior defeito de um colega de trabalho que eu acho. Não é só preconceituoso, como muito antiético (assim como as anteriores).

São aqueles que escolhem atender somente os alunos “mais sarados”, “mais gostosas”, “mais novinhos”, “mais ricos”. Sim, existe muito isto nas academias, infelizmente.



Você pode encontrar apenas 1 destes defeitos, ou todos em um único “profissional”, o que seria lastimável.

Caso você esbarre com algum (a) instrutor (a) assim, segue o conselho, que é o mesmo que eu sempre dava quando um dos alunos me relatavam o que sofriam com alguns dos meus colegas. Eu pedia que eles procurassem a gerência da academia e informassem o ocorrido, e que usassem e abusassem das caixinhas de sugestões e que dessem “nomes às cabeças dos bois”.

Só é ruim quando a direção também tem como seu instrutor favorito a fruta podre da equipe. Acontece!


E então, você já se esbarrou com algum destes? Me conte seu relato nos comentários.

E se gostou desta postagem não deixe de compartilhar com seus amigos. :)

39 visualizações
  • alencar-facebook
  • alencar-instagram
  • alencar-youtube

© 2019 - Bruna Alencar: Exercícios Físicos e Saúde. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por ADX.